Mark Zuckerberg planeja rebatizar o Facebook (a empresa)
Imagem: Andrew Harrer/Bloomberg

Mark Zuckerberg planeja rebatizar o Facebook (a empresa)

Companhia quer ser reconhecida para além da rede social maior e para longe dos escândalos que circulam seu nome atual

por Carolina Firmino

O Facebook deseja promover uma reformulação na marca para refletir seu foco na construção do “metaverso”. Ou seja, para quem pensa na rede social e em todos os males que ela pode promover, a ideia, segundo o The Verge, é mostrar que a empresa vai muito além, e o Facebook se tornaria apenas mais um dos produtos da gigante da tecnologia, ao lado do Instagram, WhatsApp e outros. Tudo indica que Mark Zuckerberg vai anunciar o novo nome em sua conferência anual que acontece na quinta-feira (28).

Zuckerberg já havia dito em julho ao The Verge que, nos próximos anos,  seria feita uma “transição de pessoas que nos veem principalmente como uma empresa de mídia social para uma empresa metaversa”. Por isso, uma reformulação da marca serviria para reafirmar essa pretensão, tendo em vista todas as polêmicas envolvendo o Facebook atualmente – como os relatórios internos vazados por Frances Haugen ao The Wall Street Journal. É praticamente uma contenção de crise, já que a confiança em como o Facebook faz negócios atualmente está em queda.

Mesmo assim, a organização conta com mais de 10.000 funcionários debruçados em desenvolver hardwares de consumo, como óculos de realidade aumentada. Por outro lado, ainda que a empresa esteja focada em disseminar a ideia do metaverso, esse ainda não é um conceito amplamente compreendido. Cunhado pelo romancista de ficção científica Neal Stephenson, o termo faz referência a um mundo virtual como alternativa a um mundo real distópico do qual as pessoas querem fugir.

E é no mundo criado pelo Facebook que Mark deseja que as pessoas se aprofundem. Resta saber se vale a pena!

Compartilhe:
icone de linkCopiar link