Reino Unido ordena que Meta venda o Giphy
Mark-Zuckerberg
Imagem: COMEO / Shutterstock.com

Reino Unido ordena que Meta venda o Giphy

É a primeira vez que a Autoridade de Competição e Mercados combate a aquisição de uma empresa de tecnologia

por Pedro Strazza

O Reino Unido nesta terça-feira (30) chegou a um veredito sobre a compra do Giphy pela Meta – e o resultado é nada favorável à companhia. A decisão emitida no dia de hoje pela Autoridade de Competição e Mercados (CMA) do país ordena que a empresa de Mark Zuckerberg desfaça o acordo com a plataforma feito em maio, alegando que a manobra fere outras redes sociais e que só pode ser reparada se a corporação “vender o Giphy em sua integridade a um comprador aprovado”.

Feita três meses depois do veredito dado pela autoridade, a ordem ocorre sobretudo porque a CMA acredita que a aquisição da plataforma pela Meta pode limitar o acesso de terceiros e aumentar o tráfego de produtos da companhia como o Facebook, o Instagram e o WhatsApp. Ainda que a Meta tenha como apelar, o Financial Times reporta que essa é a primeira ocasião que o órgão busca desfazer um negócio de uma companhia de tecnologia.

À imprensa, o presidente do grupo independente de investigação do caso, Stuart McIntosh, declara que a ação “protege milhões de usuários de redes sociais” e também “promove competição e inovação na publicidade digital”. “Se uma ação não for tomada, isso vai permitir que o Facebook aumente de forma significativa seu poder de mercado nas redes sociais, a partir do controle do acesso da concorrência aos GIFs do Giphy” acrescenta.

Já a Meta busca algum meio do caminho com a CMA. Em comentário oficial da decisão, o diretor de comunicações de políticas da empresa na União Europeia Robin Koch diz que a empresa considera suas opções no momento e que ainda acredita nos benefícios da união com a Giphy. “Tanto os consumidores quanto o Giphy estão melhores com o apoio de nossa infraestrutura, talento e recursos” declara, acrescentando ainda que “Juntos, Meta e Giphy podem melhorar o produto da Giphy com milhões de pessoas, negócios, desenvolvedores e parceiros de API no Reino Unido e ao redor do mundo”.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link