Sustentabilidade é prioridade para mais de 70% das empresas em 2022

Sustentabilidade é prioridade para mais de 70% das empresas em 2022

Maioria das empresas vê uma clara vantagem competitiva de seu foco de sustentabilidade e a meta de alcançar o carbono líquido zero

por Soraia Alves

A Johnson Controls (NYSE: JCI) divulgou os resultados de um estudo global que avalia o progresso realizado por empresas com foco na sustentabilidade na busca de seus objetivos. Conduzido pela Forrester Consulting e desenvolvido em colaboração com a Johnson Controls em outubro deste ano, o levantamento entrevistou 2.348 líderes de estratégia de sustentabilidade sênior em 25 países e em 19 setores ​​sobre suas principais prioridades de negócios e estratégias de sustentabilidade nos próximos 12 meses. 

Os resultados mostram que a sustentabilidade é a principal prioridade de investimento empresarial global, e que a grande maioria das empresas vê uma clara vantagem competitiva de seu foco de sustentabilidade e a meta de alcançar o carbono líquido zero. O estudo também descobriu que para acelerar os esforços de descarbonização, as empresas devem se alinhar com as demandas das partes interessadas, colaborar com os parceiros em roteiros de sustentabilidade transparentes e medir efetivamente o andamento das iniciativas de sustentabilidade.

“A pesquisa mostra claramente que os líderes empresariais veem a sustentabilidade como a prioridade número um dos negócios e que aumentar o investimento para melhorar a eficiência dos negócios, reduzir os impactos ambientais prejudiciais e enfrentar os desafios climáticos urgentes é o que mais importa”, disse Katie McGinty, vice-presidente e diretora de sustentabilidade e relações externas da Johnson Controls. 

As principais conclusões do estudo incluem:

Vantagem competitiva

Mais organizações estão percebendo que o futuro dos negócios está ligado à sustentabilidade. De acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados indicaram que implementar ou amadurecer seus programas de sustentabilidade é uma prioridade que ganhou ainda mais importância nos últimos dois anos. Os entrevistados descobriram que abraçar as oportunidades de sustentabilidade deu às suas organizações uma vantagem competitiva. Mais de 8 em cada 10 empresas que reconhecem a sustentabilidade como prioridade de negócios relatam benefícios na forma de melhoria na reputação da marca (89%), redução de custos (89%), melhoria na aquisição e / ou fidelização de clientes (86%) e crescimento da receita (83%). Além disso, 86% têm uma meta de longo prazo para reduzir as emissões de carbono até 2025 ou antes. Ao investir em esforços de descarbonização, as empresas esperam atrair clientes que compartilham valores ambientais semelhantes e, ao mesmo tempo, atendem às necessidades dos investidores.

Resultados exponenciais

Cerca de 9 em cada 10  empresas engajadas de forma sustentável obtiveram benefícios na forma de maior eficiência (96%), melhor conformidade (95%), melhor recrutamento e / ou retenção de talentos (90%) e redução do desperdício (90%). As empresas estão investindo em melhorias de pessoas, processos e tecnologia porque entendem que é necessária uma abordagem multifacetada para alcançar o progresso e o sucesso da sustentabilidade.

Plano estratégico

Embora as organizações reconheçam os benefícios da implementação de práticas de sustentabilidade, muitas empresas não sabem por onde começar na preparação para transformações críticas de negócios. Os resultados da pesquisa indicaram que mais da metade dos entrevistados espera reduzir o consumo de energia em seus edifícios até 2024 ou antes, mas falta alinhamento em torno de quais métricas precisam ser monitoradas e como. Apenas 26% dos entrevistados tinham software de relatórios ESG para ajudar a medir seu progresso e quase 40% dos entrevistados acreditam que suas organizações têm uma escassez de conhecimento interno, impedindo-os de rastrear suas pegadas de carbono de forma eficaz. Embora a pesquisa mostre que as vantagens comerciais das melhorias ambientais podem parecer diferentes entre as empresas, há uma importância consistente atribuída a uma liderança forte e parceiros fortes para orientar decisões inteligentes.

Para liderar a corrida para a descarbonização, as empresas devem alinhar as prioridades às demandas de muitas partes interessadas, trabalhar com parceiros para desenvolver roteiros de sustentabilidade transparentes,identificar métricas e adotar ferramentas para medir o progresso”, afirmou Mark Reinbold, vice-presidente de serviços de sustentabilidade global e soluções na Johnson Controls. “Mais clientes estão procurando maneiras de tornar este processo fácil e estão transferindo seus compromissos de sustentabilidade e o risco de atingir essas metas para a Johnson Controls. Isso os ajuda a otimizar o desempenho de seus edifícios com tecnologia que é capaz de fornecer economias de energia significativas e queda nas emissões de CO2, garantindo também que os resultados ajudarão o planeta.”

Acesse a pesquisa “Race to Decarbonization” (Corrida para a Descarbonização) na íntegra aqui: https://www.johnsoncontrols.com/forresterstudy

Compartilhe:
icone de linkCopiar link