Conhecido streaming pirata, Popcorn Time encerra atividades
Popcorn-Time-2
Imagem: Divulgação

Conhecido streaming pirata, Popcorn Time encerra atividades

Administradores do site relatam queda brusca de procura pelo site nos últimos seis anos como motivo para fim

por Pedro Strazza

Um dos streamings piratas mais conhecidos da internet, o Popcorn Time foi desligado de vez na madrugada desta quinta-feira (6). Apesar do Engadget lembrar que os criadores do projeto já tinham abandonado o serviço em 2014 e que a plataforma já passou por suspensões temporárias, o fim das atividades agora parece ser definitivo conforme os atuais gestores divulgaram uma tabela revelando que a audiência do sítio despencou nos últimos meses e não mais viabilizava os trabalhos.

Os dados coincidem com a queda na procura pelo streamer, que aproveitava torrents de filmes pirateados para exibir os mesmos como numa plataforma oficial. De acordo com o Google Trends, as pesquisas pelo Popcorn Time desde 2016 são baixas e muito longe do pico de interesse alcançado em 2015, quando o site chegou ao auge de sua popularidade para desespero de estúdios e distribuidores.

Ainda que o site já tenha lidado no passado com processos e ações legais, dessa vez não há nenhum sinal de que o departamento jurídico influenciou na decisão. Desde que os fundadores deixaram o Popcorn Time por conta dos processos judiciais, o serviço se mantinha por ser de código aberto, com terceiros não identificados mantendo os trabalhos. Além do gráfico, estes gestores informaram jornalistas do fim do site via email, de acordo com o Bloomberg.

O encerramento do Popcorn Time é curioso dado o atual cenário, onde a pirataria voltou a ser uma questão entre os estúdios conforme a pandemia obrigou a distribuição a experimentar com lançamentos híbridos ou direto no digital e no streaming. Apesar dos debates, esse fluxo não parece ter se concentrado no site, pulverizado em diversos sistemas e fóruns abertos e privados.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link