Foo Fighters, da garagem veio, à garagem voltará

Foo Fighters, da garagem veio, à garagem voltará

por Nícolas Vargas

Foo Fighters, não bastasse ser uma das bandas mais foda do mundo, tem sempre uma carta na manga quando você menos espera. E sem tirar um puto do bolso, alguém sempre arca com o ônus da barulheira.

Entenda:

Imagina que sua casa tem uma garagem.

Ah, ela tem?

Não, mano, eu estou falando de uma garagem estilo família média norte-americana, um dos ícones máximos do famigerado american way of life. Saca?

É disso que eu tô falando!

Agora pensa na supracitada banda do Dave Grohl tocando lá o disco novo, “Wasting Light”, INTEIRO. Maravilha, né?

Pois é isso que o Foo Fighters vai fazer para um felizardo que curte balançar cabeça e ouvir roque dubom, show esse bancado pela Blackberry, em mais um esforço pra ser menos aquela peça de indumentária executiva e mais um acessório pra molecada que vive babando nos iPhones 4 desse mundão.

Válido. Coisa fina. Socar uma banda desse naipe num cubículo é fazer a mágica acontecer. Se eu fosse moleque, gringo e tivesse uma garagem, tentaria com certeza a proeza de abrigar essa brincadeira.

Como não sou, fico com o clipe da minha música preferida da banda. Você também.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link