fbpx
It’s Time to Fly

It’s Time to Fly

por Carlos Merigo

A United Airlines anunciou na última semana que vai expandir sua campanha “It’s Time to Fly” para todo o mundo. Antes focada apenas na América do Norte, agora a companhia aérea vai levar seus anúncios animados para Europa, Ásia e América Latina.

A campanha que foi veiculada nos Estados Unidos contou com quatros diferentes comerciais, mas nenhum deles será aproveitado na comunicação global da United. Aqui no Brasil, por exemplo, o filme que está no ar chama-se “Mimado” e mostra como os passageiros da empresa podem voar com luxo. O anúncio foi criado pela Fallon Brasil.

Agora, legais mesmo são as peças originais criadas pela Fallon de Minneapolis. Apesar da forma chamar mais atenção que o conteúdo, são filmes que são arte pura num mundo dominado pelas animações geradas por computador.

Aqui tudo foi criado com papel, tinta, pincel e lápis. Com uma ilustração que beira o surreal, o resultado final é sofisticado e elegante. E apesar da aparente simplicidade, os filmes da United consumiram mais tempo e dinheiro do que se a opção escolhida fosse animação no computador ou filmagem de atores.

A campanha celebra o executivo que viaja freqüentemente (seis ou mais vezes por ano), criando uma série de situações que mostram a conexão emocional entre a United Airlines e seus passageiros. A intenção é provar o importante papel da companhia aérea na vida das pessoas que viajam a trabalho e não querem substituir a relação pessoal com seus clientes.

A realidade é que o clima ameno da comunicação passa longe da dura vida financeira da empresa, que faz tempo conta com ajuda do governo americano para não ir a falência. Mas a United, que é a terceira maior companhia aérea do mundo, quer que sua publicidade coloque um sorriso no rosto de seus consumidores.

Ao invés de mirar na infindável batalha de preços travada por outras companhias, ou então no quanto oferece de entretenimento a bordo, espaço entre as poltronas, etc., a United quer tocar o coração das pessoas. Um caminho sábio, já que com a categoria de aviação virando um commoditie e todas elas falando de preços, a percepção dos consumidores é de que todas as companhias aéreas são…companhias aéreas. Tirando o custo, nada as difere.

Não é à toa que a campanha fez um enorme sucesso nos Estados Unidos. Causou empatia imediata, já que depois do 11 de Setembro toda a publicidade da indústria de aviação era apenas tática. O que a United Airlines fez foi trazer de volta o relacionamento com seus consumidores. Mais do que te levar de um lugar para o outro, ela faz isso com elegância, se preocupa com seu negócio e faz parte da sua história.

Vamos aos filmes. O mais importante e conhecido deles chama-se “Interview” e foi produzido pela dupla Wendy Tilby e Amanda Forbis, os mesmos que dirigiram o cultuado curta de animação “When The Day Breaks”, vencedor da Palma de Ouro em Cannes e indicado ao Oscar em 2000.

“Interview” conta a história de um homem que viaja para fazer uma entrevista de emprego e descobre no meio do caminho que colocou sapatos de cores diferentes. O anúncio foi premiado com Prata no Art Directors 2005 na categoria Animação e com Bronze no CLIO Awards 2005.

Em “Lightbulb” uma mulher sentada em frente um computador tem uma idéia, representada claro por uma lâmpada acessa. Ela então viaja e sai contando o que pensou para os outros e contamina as pessoas com sua idéia.

“Rose” mostra um homem voltando pra casa e levando uma rosa para alguém que ama. Por último, o belo “A Life” conta a história de um menino que cresce e tem o avião como parte de sua vida. E mesmo quando fica velho, não para de viajar.

Ao final de todas as peças, a locução do ator Robert Redford diz: “Where you go in life is up to you. There’s one airline that can take you there. United, it’s time to fly.” A trilha sonora dos quatro anúncios é a música “Rhapsody in Blue” de George Gershwin, que é tema da United Airlines por mais de 20 anos.

Faça o download dos filmes: (botão direito – Salvar destino como…)

| “Interview” (4.56 MB – .mov)
| “Lightbulb” (4.84 MB – .mov)
| “Rose” (9.95 MB – .mov)
| “A Life” (4.16 MB – .mov)

Ajude o Brainstorm #9 Comprar um livro através da seção Biblioteca ou clicar em um dos anúncios Google na barra lateral direita, ajuda a manter o conteúdo do Brainstorm #9 totalmente gratuito.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link