Nike: Corinthians Eternamente

por Carlos Merigo

O assunto ainda é futebol aqui no B9, dessa vez com uma homenagem da Nike ao título da Copa Libertadores pelo Corinthians, com criação da F/Nazca. O vídeo conta que morremos três vezes, e os jogadores da equipe tiverem oportunidade de enganar a morte, e conseguiram.

Queria aproveitar esse novo material para citar a comoção que gerou a última peça da marca publicada aqui no site. Não preciso defender a Nike absolutamente, mas muitos se ofenderam e disseram ser um erro de marketing da empresa.

Quem acredita nisso, ignora o histórico de campanhas recentes da Nike para o Corinthians. A marca sempre tomou partido, e o faz para diversos clubes e seleções que patrocina.

A proporção se agiganta principalmente pela popularidade, momento do time e, o que todo mundo esquece, é que apenas no início do ano a empresa fechou contrato com outras equipes aqui no Brasil. A Nike também apoiou o Boca Juniors na final, por exemplo, com material na página local do Facebook e sabe-se mais lá o que na Argentina.

Ao invés de incitar boicote aos produtos da marca – principalmente porque o anúncio polêmico não menciona ninguém em específico – os torcedores de outros clubes deveriam levar em consideração a pouca atuação e investimento das patrocinadoras concorrentes.

Adidas, Reebok e Puma pouco ou nada fazem e, talvez, nem queiram fazer. Depende da estratégia de cada uma. Os contratos são milionários, mas o aproveitamento fora do logo na camisa é ínfimo.

Aqui no B9 já tivemos posts do Palmeiras, do Fluminense, do Flamengo (inclusive quando eram patrocinados pela Nike), do Vasco, Vitória, e até do New York Cosmos. Espaço para todas as equipes tem, falta material digno de nota.

Compartilhe: