DSC00046

Regina Spektor faz show irretocável em SP

Cantora russa esbanja talento e carisma, e põe o Credicard Hall a seus pés

por Felipe Cotta

Eu já falei da Regina Spektor aqui, quando ela lançou no ano passado seu mais recente disco, o excelente What We Saw From The Cheap Seats. Pois ontem tive o privilégio de ver o show dessa turnê, no Credicard Hall (SP).

Privilégio mesmo. Me senti honrado de poder chegar perto dessa cantora de 33 anos que faz um espetáculo só com um piano, uma bateria, um violoncelo e um teclado.

Musicalmente falando, a apresentação de Regina é um deleite do começo ao fim. O entrosamento dela com a banda é de assustar, e o setlist trouxe uma enxurrada de hits tocados com uma precisão erudita. Sua é voz impecável e absurdamente afinada – mesmo com a garganta “almost ok”, como ela mesma comentou em um dos intervalos entre uma música e outra.

Tímida, reservada e encantadoramente charmosa, Regina Spektor tem um carisma tão grande quanto seu talento musical. Ela é tão simpática, mas tão simpática que dá vontade de adotá-la. Mesmo com um público que não sabia a hora de parar com os berros irritantes de “Eu te amo” e outras tietagens adolescentes, ela foi elegante do começo ao fim e retribuiu o carinho tocando cada nota com uma entrega de arrepiar a espinha.  Sua intimidade com o piano e a delicadeza com que ela toca é algo quase nobre.

E aí a gente percebe que um espetáculo, pra ser bom, não precisa de raio laser, pirotecnias e cenários hollywoodianos em cima do palco. Basta passar o bastão para uma artista que transborda talento pelos poros e que sabe dominar seu público com um repertório matador.

Apesar de alguns problemas técnicos que impuseram à banda um intervalo forçado, o show teve quase 2 horas de duração, e não houve uma sílaba sequer de cada letra que o público não cantasse em uníssono. Dava gosto de ver como as pessoas estavam felizes. E isso se refletia em Regina. Foi uma empolgação mútua, e ela agradecia com um delicado “obrigada” sempre que podia.

A gente é que agradece, Regina. Seu show é o espetáculo do talento, do profissionalismo, da simpatia e da humildade. Por favor, venha sempre!

Compartilhe:
  • Via: