Sobre pais, filhos, casamentos e a finitude da vida

A última dança do Dr. James Wolf

por Rafael Merel

Dia dos pais está chegando e eu achei que o tema merecia um post. Comecei a lembrar de alguns filmes legais ou ações bacanas que eu poderia revisitar pra falar do assunto. Pesquisei algumas coisas novas também. Mas decidi deixar a propaganda de lado. Nada contra. Aliás, na condição de publicitário e pai, posso dizer que muito pelo contrário.

Mas depois que eu me deparei com essa história aqui, bem, até a mais emblemática das peças parece que já não é mais tão emblemática assim. Pra entender do que eu estou falando, você tem que conhecer Rachel Wolf. Ela tem 25 anos e é aquela americana típica que os estereótipos de americanas nos mostram. Loira. Olhos claros. Pele branca.

E o que faz da Rachel essa pessoa tão especial? Bem, para responder isso você precisa conhecer o pai da moça. Dr. James Wolf. Ele sofre de câncer pancreático. Segundo a última estimativa dos médicos ele deve ter somente mais três meses de vida.

Sim, o câncer é uma bosta. Sim, a proximidade da morte e a sensação de impotência e finitude diante disso fazem a gente repensar um monte de coisas. Mas o que pegou o Dr. James mesmo, foi se dar conta de que ele não faria parte de vários dos momentos mais importantes da vida da filha.

Dia dos Pais

Voltemos a Rachel. Ela está se preparando para o seu casamento. Maquilagem, vestido branco, véu, buquê, carrão esperando. Está tudo ali. Quer dizer, quase tudo. Porque não existe um noivo.

Não que ela ou qualquer outro dos convidados da pequena cidade de Auburn, na California, se importe com esse pequeno detalhe. Porque aqui, ter ou não ou noivo, é mesmo um pequeno detalhe.

O falso casamento é apenas uma desculpa para poder fazer a famosa dança pai-filha. A música escolhida, claro, também é cheia de significados. “Cinderella”, de Steven Curtis Chapman, fala da personagem que precisa da ajuda do pai para treinar uma dança antes de poder ir para o baile no castelo.

A histórica dança de Rachel com o Dr. James foi devidamente gravada e ela planeja passar o video um dia durante seu casamento de verdade. Até lá, ela jura que não vai assistir.

Se você quiser ver antes, é só dar o play. Eu recomendaria deixar algum lenço a mão. Vai que algum cisco invente de cair no seu olho bem na hora, né?

Feliz dia dos pais.

Compartilhe: