Cerveja oferece arte em troca de lixo

Cerveja oferece arte em troca de lixo

Na forma de uma vending machine, The Astra Bottletheatre promoveu diversas apresentações para quem retornasse garrafas vazias

por Amanda de Almeida

St. Pauli, o distrito da Luz Vermelha de Hamburgo, ocupa um lugar importante na história dos Beatles. Foi lá que, no começo dos anos 1960, John, Paul e George, mais Pete Best e Stu Sutcliffe, se profissionalizaram como músicos, tocando em diversos clubes por quase dois anos. Hoje, a região continua sendo o lugar onde alemães e turistas vão para se divertir, deixando um rastro de garrafas vazias noite após noite. Foi aí que a cerveja Astra enxergou uma oportunidade: oferecer uma experiência com a marca e ajudar a diminuir a quantidade de garrafas espalhadas por lá.

A solução foi criar uma espécie de vending machine (sim, elas mais uma vez), The Astra Bottletheatre. Toda vez que alguém depositasse uma garrafa vazia de Astra no local indicado, uma pequena janela se abria e o show começava no “menor palco de St. Pauli”. Músicos, dançarinos, artistas performáticos… a cada hora era uma surpresa diferente, sempre ao vivo.

O resultado foi uma fila para devolver garrafas e descobrir a próxima atração. Do lado de fora, o público poderia dar gorjetas, aplaudir e até dar um like para o artista. Os espectadores também receberam um backstage pass, para ver o que rolava nos bastidores por meio de um aplicativo no Facebook. Nem é preciso dizer que o número de fãs de Astra na rede social aumentou consideravelmente.

E pensar que um dos artistas que passaram pela cabine pode ser a próxima grande sensação da música, assim como os Beatles foram nos anos 1960… Será?

astra1
astra
astra2

Compartilhe:
icone de linkCopiar link