“Share It to End It” combate o bullying via redes sociais

Toda vez que alguém assiste e posta o vídeo, ele diminui um milisegundo

por Amanda de Almeida

Segundo dados de uma pesquisa realizada com 4 mil estudantes pela Coalition Against Bullying for Children and Youth, de Cingapura, 94.7% responderam que já sofreram bullying pelo menos uma vez. Uma em cada oito crianças é intimidado semanalmente. É daí que entra os esforços da entidade para tentar combater o problema, com campanhas como “Share It to End It”.

A animação, criada em parceria com a JWT, tinha originalmente 100 segundos. Toda vez que ele é assistido e compartilhado, o tempo de exibição diminui um milisegundo. O objetivo, então, é colocar o assunto bullying em pauta, fazendo com que as pessoas falem a respeito e se conscientizem sobre o problema.

Até o momento em que este post foi escrito, a animação sobre um garoto que sofre regularmente com o bullying já havia sido compartilhada 12.

Para assistir e compartilhar “Share It to End It”, é preciso acessar o hotsite da campanha.

bull1 bull bull2

Compartilhe: