Vazam telas de suposto novo design do Gmail, responsivo e bem mais clean

Além do novo visual, novas funcionalidades ajudariam a organizar melhor as mensagens

por Jacqueline Lafloufa

Manter a sua caixa de entrada organizada (e principalmente o mais vazia possível) é um dos grandes desafios da produtividade hoje em dia. É uma habilidade que se desenvolve com o tempo, mas que pode ganhar uma mãozinha do Google em breve.

Algumas supostas telas de um novo design do Gmail mostram que o serviço poderá dar mais um passo rumo à uma interface ainda mais clean e organizada.

Segundo as imagens vazadas, os emails apareceriam centralizados na tela, e ícones ajudariam a compreender quem é o remetente (ao mostrar a imagem do perfil do G+) ou qual o assunto daquele email, usando a mesma classificação das atuais abas do Gmail, mas com mais categorias – além de atualizações, notificações sociais e promoções, aparecem também opções como compras e viagens.

gmail-update-rumor3

Tanto o menu lateral esquerdo, que lista tags e abas, quanto a lista de contatos do Hangout que aparece do lado direito, poderiam ser minimizadas, ‘destralhando’ a tela e minimizando a chance de dispersão.

gmail-update-rumor

 

Outra possível novidade seria a opção de adicionar um lembrete a um email, ou receber itens de uma lista de tarefas diretamente na sua inbox. Em alguns casos, seria possível até mesmo responder à um questionamento sem nem mesmo abrir o email – as opções de feedback apareceriam logo na tela principal, juntamente com o assunto da mensagem.

gmail-update-rumor2

A suposta nova interface do Gmail também substituiria o atual sistema de estrelas por opções que fixam os emails selecionados no topo da caixa de entrada, facilitando o destaque de mensagens importantes ou que precisam ser respondidas com urgência.

Não há, contudo, nenhuma informação que confirme esse novo design ou que dê uma previsão de quando ele vá ser implementado. Ainda assim, dá esperanças de que quem sabe um dia organizar a caixa de emails possa ser algo mais simples do que fazemos hoje em dia.

Compartilhe: