Já era de se esperar: Malaysia Airlines pode apostar em rebranding

Após os desastres com duas das suas aeronaves, a empresa considera rever seu posicionamento no mercado e também sua marca

por Jacqueline Lafloufa

A situação da Malaysia Airlines não anda nada fácil. Depois do sumiço do voo MH370 em março e da queda do voo MH17 há poucas semanas, quando sobrevoava a Ucrânia, a empresa poderá apostar em uma estratégia de rebranding para evitar ficar marcada negativamente.

O governo malaio, o maior acionista da Malaysia Airlines, já estava estudando formas de modificar o negócio e a marca da empresa, mas esses esforços foram acelerados com a tragédia do segundo avião.

Além de uma revisão dos protocolos de voo sobre zonas de conflito, que já está acontecendo, a empresa está também buscando novos investidores e novas oportunidades de negócio, e deve também estudar uma alteração do nome das linhas aéreas. Com esse rebranding, o diretor comercial da Malaysia, Hugh Dunleavy, acredita que será possível fortalecer a empresa como um todo, e superar essas duas difíceis situações.

Quem sabe, com novo nome e novas siglas de voo, a empresa consiga se desvencilhar do estigma causado pelos incidentes.

Compartilhe: