Clicky

Moleskine Livescribe: o melhor do analógico e do digital
moleskine-livescribe

Moleskine Livescribe: o melhor do analógico e do digital

Feito para funcionar em conjunto com uma caneta inteligente Livescribe, esse Moleskine transforma suas anotações em versões digitais

por Jacqueline Lafloufa

Durante uma aula ou reunião, ter um computador para fazer as suas anotações pode ser ágil, mas te distrair. No entanto, deixar todas as suas notas presas ao papel parece insensato – e se você quiser fazer uma busca depois? Ou, pior, e se de repente você perder o caderno? Será que não daria para fazer um backup das suas anotações?

Com o Moleskine Livescribe, é possível ser analógico, hipster e conectado ao mesmo tempo. Ele foi criado com um número determinado de linhas, margens e ‘botões especiais’ que são reconhecidos pela caneta inteligente Livescribe. Assim, todas as anotações e rabiscos que você fizer são replicados em um aplicativo para dispositivos móveis, que pode até mesmo reconhecer a sua escrita e convertê-la em texto editável.

O único problema é o precinho: cada Moleskine Livescribe custa 30 dólares, e a caneta inteligente tem preços variados conforme a versão, sendo que a mais básica custa 150 dólares.

No entanto, pode ser um investimento interessante para quem quiser digitalizar a própria vida – a Bia Kunze, do Garota sem Fio, explica a diferença entre cada uma das canetas, e oferece também sugestões sobre como implementar isso sem necessariamente precisar da Livescribe, como ao utilizar um Moleskine feito para uso combinado com o Evernote.

Compartilhe: