Invisible Runners – projeto presenteia profissionais atletas no Natal

Mizuno deixa um pouco de lado os atletas profissionais e amadores para ser Papai Noel por um dia

por Maria Ligia

Correr é legal, correr é bacana, adrenalina vicia, geração Pugliesi, o tipo de pisada, tecidos tecnológicos, uhul!

Eu, particularmente, faço parte da galera que corre pra se divertir, pra manter a cabeça e corpo no lugar. Mas principalmente nos grandes centros urbanos, tem gente que corre muito por outros motivos. E todos os dias. E de certa forma, uma boa parte do que entendemos por “ordem” depende deles: os garis.

Como forma de agradecer e reconhecer o trabalho dessa galera, os Invisible Runners, a Mizuno resolveu presentear centenas desses profissionais que passaram a noite de Natal correndo. Uma iniciativa interessante que vai por uma linha um pouco diferente da glamurização do suor, escolhida pela maioria das marcas concorrentes.

Ao invés de promover corridas pelas ruas, eventos com DJs ou coisas do tipo, a marca abordou diretamente os coletores de lixo, pessoas que muito provavelmente não estão dispostas a gastar até mil Reais em um par de tênis. Mas claro, indiretamente impactaram / vão impactar pessoas que correm por esporte, não por trabalho. Afinal de contas, correr é legal, correr é bacana, adrenalina vicia, geração…

B9_mizuno

Compartilhe: