Onde os anúncios machistas não têm vez

Marca de calmante que ajuda a dormir mandou mal na propaganda e acabou removendo tuíte depois de muitas reclamações

por Jacqueline Lafloufa

As respostas e reações à publicidade estão cada vez mais velozes, e as empresas precisam redobrar o cuidado com mensagens fáceis, porém com viés questionável, para não precisar gerenciar uma crise desnecessária.

Foi mais ou menos esse o caso do comercial do calmante ZzzQuil, que divulgou uma peça que comparava a tranquilidade do sono causado pelo produto àquela que uma mulher poderia conseguir na noite posterior ao pedido de casamento. Nada contra as moças que queiram casar, mas achar que todas as preocupações de uma mulher hoje em dia giram em torno de conquistar um marido parece ao menos umas 4 décadas atrasado, não?

“Durma como se ele finalmente tivesse a pedido em casamento. E vocês estivessem namorando há 10 anos”, diz o texto que acompanha a imagem, que focaliza uma moça dormindo com seu anel de noivado.

Foram tantas as reclamações que a marca acabou removendo a ação do seu Twitter, mas sem pedir desculpas pela grande escorregada.

Pelo visto, a equipe da ZzzQuil vai precisar rever seus conceitos e atualizar-se um pouquinho sobre os novos tempos. Hoje em dia, anúncios machistas não têm vez.

Compartilhe: