Wake, uma nova forma de gerenciar processos de design

Plataforma para designers já tem como clientes Airbnb e Yahoo

por Samanta Fluture

Wake é uma plataforma construída por designers para designers. Seu objetivo é facilitar o compartilhamento do trabalho de design em andamento com a equipe e receber feedbacks em tempo real. 

Pode parecer algo simples mas, pensando bem, até recentemente não havia ferramentas focadas especificamente no processo de design. A maioria das equipes usam sites como Trello, Basecamp, Asana e Slack para gerenciar projetos no geral. E, quando necessário, se voltam para o Dropbox, Google Drive e Gmail na hora de enviar arquivos maiores. Já Wake foca seus esforços no processo criativo do design, da concepção à entrega. 

wake-2

wake-3

Sua interface lembra a do Pinterest, com grid responsivo que suporta arquivos de diversos tamanhos, resoluções e extensões. O workflow inclui espaços privados para que a equipe possa colaborar com ideias, compartilhar trabalhos e fazer comentários. Além disso, funciona também como um quadro geral, essencial para ficar de olho no status e progresso de cada entrega.

É possível postar conteúdos tanto da web quanto do aplicativo disponível em qualquer dispositivo iOs. Há recursos como busca visual, compartilhamento seguro e privado, plugins para programas de design como Sketch e integração com Slack, além de formas rápidas de compartilhar trabalhos usando screenshots automáticos, fotos via celular e arrastar/soltar. 

wake-1

Wake foi criado pelo designer Chris Kalani, ex-Facebook, que começou a trabalhar na ideia desde 2011. Entre suas prioridades com a plataforma estão os valores de transparência e abertura, pensando em como as equipes podem abraçar o poder do feedback instantâneo. No texto de lançamento da ferramenta, Kalani fala que seu melhor trabalho acontece quando recebe críticas, pois isso o força a pensar diferente e buscar novos caminhos. E esse é o intuito do Wake

A mesma ideia que Wake oferece aos clientes foi integrada em sua própria concepção: o produto foi lançado em alpha há 6 meses para 20 equipes diferentes, com o objetivo de colher feedbacks e melhorar no fosse preciso.

Apesar de ainda estar em beta privado, a plataforma já tem como clientes os grandes Airbnb, OpenTable, Slack e Yahoo. Ainda sem data mas “muito em breve”, Wake ficará disponível para todos custando $15 por mês.

Compartilhe: