Clicky

Campanha do Viber no YouTube usa os próprios grupos abertos para gravar cenas

Campanha do Viber no YouTube usa os próprios grupos abertos para gravar cenas

Cada vídeo funciona como um teaser da conversa que rola no aplicativo

por Jacqueline Lafloufa

Depois de quase 4 meses da estreia dos grupos abertos, o Viber tem agora uma boa gama de assuntos rolando nos seus chats abertos. E para mostrar o que rola de bom por lá, a marca está apostando em vídeos do YouTube que funcionam como uma ‘espiadinha’ nas conversas que estão rolando por lá.

Montados em um formato replicável, cada vídeo destaca um assunto que rolou em um dos grupos abertos – como a discussão sobre qual super poder você gostaria de ter, que aconteceu no grupo do Castro Brothers, ou a escolha de um produto de beleza favorito, do grupo Beauty Time.

Montados em um formato replicável, cada vídeo destaca um assunto que rolou em um dos grupos abertos

compartilhe

Em conversa com o B9, Luiz Felipe Barros, diretor geral do Viber no Brasil, explicou que a proposta é de mostrar como funcionam os grupos, trazendo clipes do que efetivamente aconteceu por lá. “Queríamos trazer interações de quem não está em contato com os seus fãs no dia a dia”, enfatizou, comparando com alguns grupos que tem programas diários na rádio.

No caso do canal de beleza, o ar é de bastidores – há as que mandam vídeos direto da academia, ou com meia maquiagem feita, prontas para gravar tutoriais. “Nesse caso, o foco foi na diversidade de blogueiras, que escrevem para diferentes sites, interagindo em um mesmo canal”, frisou Juliana Muncinelli, diretora de grupos abertos no Viber.

Criados em parceria com a 301.yt, os vídeos dos grupos abertos no Viber devem ganhar outros episódios, mas a dupla do Viber se recusou a adiantar muita coisa. “O que a gente pode dizer é que vai ser sobre um tema polêmico”, confessou Luiz Felipe, sem dar maiores detalhes.

A boa notícia para as marcas é que o Viber vai passar a aceitar propostas de projetos com marcas, tanto para grupos abertos customizados quanto para pacotes de stickers. “Já estamos conversando com algumas marcas, e devemos lançar algo em breve”, promete o diretor do app no Brasil.

Compartilhe: