Clicky

BuzzFeed provoca discussão sobre diferença de salário entre homens e mulheres com vídeo cômico

BuzzFeed provoca discussão sobre diferença de salário entre homens e mulheres com vídeo cômico

E se quem executa a mesma função e ganha menos trabalhasse proporcionalmente?

por Jacqueline Lafloufa

Grupos de mulheres progressistas nos EUA celebram no dia 14 de abril o “dia do pagamento igualitário”, que pede por igualdade nos salários pagos a homens e mulheres que exercem a mesma função.

Sheryl Sandberg, do Facebook, é uma das principais advogadas dessa causa, evidenciando o abismo salarial entre diferentes gêneros e etnias – a cada 1 dólar que os homens recebem por um trabalho, uma mulher recebe 78 centavos, uma mulher afrodescendente consegue 64 centavos, e a situação só piora entre as mulheres hispânicas, que conquistam apenas 56,5 centavos de dólar. Tudo isso para exercer a mesma função.

Por isso que esse vídeo original do BuzzFeed Vídeo consegue ser tão provocador. Em tom cômico, eles mostram como seria se as mulheres tivessem consciência que estão ganhando menos que seus colegas homens, e se passassem a se empenhar proporcionalmente. O resultado, é claro, não seria nada agradável.

Claro que não dá para agir assim na vida real. Como bem notou um dos comentários mais votados na postagem do BuzzFeed no Facebook, a parte triste é que se uma mulher fizesse isso de verdade, ela provavelmente seria demitida.

Compartilhe: