TravelersBox coleta trocadinhos em moedas estrangeiras e deposita na sua conta do PayPal ou do Starbucks

Finalmente uma solução para todas aquelas moedinhas que você acabava trazendo de uma viagem

por Jacqueline Lafloufa

Sempre uso o tempo de aeroporto na volta de uma viagem internacional  para gastar os últimos trocados de moeda estrangeira. É um tal de comprar balinha, souvenir, cerveja ou alguma bebida contando 0,01 centavo, 0,25 centavos e fazendo uma cara de paisagem quando a atendente olha esquisito para aquele monte de moedas.

E nem sempre esse procedimento é fácil. Já passei por uma situação em que pedi uma bebida e quando fui pagar, a atendente se recusou a aceitar aquele monte de moedas. A solução foi passar a conta no cartão, e deixar todas as moedas para a caridade, em uma daquelas caixinhas que sempre estão espalhadas pelos aeroportos.

Por isso que a TravelersBox é incrível. A ideia é que ela funcione como um posto de coleta de trocadinhos em moeda estrangeira, fazendo o depósito do valor equivalente em sua conta do PayPal, do Starbucks ou até do Skype, convertendo moedinhas em créditos para ligar para alguém, tomar um café ou simplesmente para gastar com alguma outra coisa mais tarde.

Google+ Cover

A iniciativa conseguiu receber 4,5 milhões de dólares em investimentos recentemente, que serão destinados a expandir as TravelersBoxes para mais aeroportos. “Algumas poucas moedas, que estariam inutilizadas e seriam mantidas em jarros ou potinhos em algum lugar, vão voltar a ter valor no mercado, graças a essa caixinha mágica”, empolga-se um dos fundadores da TravelersBox. Se considerarmos que cada viajante tenha consigo cerca de 10 dólares em trocados de uma moeda que não vai usar novamente, estamos falando sobre cerca de 40 a 50 bilhões de dólares, que agora retornarão ao mercado.

screen-shot-2015-05-26-at-4-31-37-am

Para quem tem o hábito de doar esses pequenos valores para a caridade, os fundadores da TravelersBox garantem que vão oferecer também opções de encaminhamento para diferentes instituições, que podem aproveitar aquele dinheirinho para fazer o bem.

Compartilhe: