Como o Snapchat pretende vender publicidade: no meio do conteúdo

Como o Snapchat pretende vender publicidade: no meio do conteúdo

Estratégia é chamada 3V: vertical video views

por Rafael Silva

Os 100 milhões de usuários do Snapchat passarão a ver anúncios no meio do conteúdo. É o que diz Evan Spiegel, CEO do Snapchat, em um vídeo liberado ontem. O vídeo explica o que o Snapchat chama de 3V, ou vertical video views, e o por quê deste formato ser melhor do que as soluções que o YouTube e Facebook oferecem. Um dos argumentos usados por Spiegel é que um vídeo vertical “ocupa completamente a tela do smartphone”.

3v-snapchat

Garantia 3V: leve cutucada no Facebook e YouTube.

Os anúncios serão mostrados em duas sessões do aplicativo: Stories e Discover. A primeira gira em torno de um evento ou uma cidade e nela é exibido conteúdo enviado especificamente por usuários do Snapchat, enquanto na segunda, o conteúdo é selecionado por veículos específicos, como a CNN, MTV e Vice, e estão relacionados à notícias. Entre um snap e outro nestas sessões, os anúncios serão mostrados.

Com o vídeo e as informações da estratégia 3V, o Snapchat publicou também detalhes da audiência que os anunciantes podem atingir: a maioria são pessoas com idade entre 13 e 34 anos, que assistem vídeos 2 bilhões de vezes por dia (!) e 60% dos 100 milhões de usuários usam o aplicativo diariamente para criar algum tipo de conteúdo.

Quer mais segmentado do que isso? Não vai rolar. O Snapchat diz que “oferece a segmentação de anúncios de uma maneira que também promove a privacidade” dos seus usuários. Além de poder oferecer seu vídeo nas Stories ou Discover, os dois outros itens que os anunciantes podem determinar é o local e/ou gênero.

Apesar das promessas de forte engajamento, o Snapchat ainda tem que comprovar que os anúncios funcionam, já que as métricas oferecidas pela empresa ainda não são tão convincentes. Mas para quem tem 100 milhões de usuários, eles podem se dar ao luxo de experimentar um pouco.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link