Comercial de camisinha ensina como prolongar o prazer pensando na sua avó

Ou no seu vizinho, ou em um pepino sendo descascado, cortado e ralado...

por Amanda de Almeida

Canais de conteúdo especializados em sexo já deram a dica, frequentemente colocada em prática por alguns homens: para não gozar antes da hora, o negócio é pensar em qualquer outra coisa menos excitante. Exatamente como ensina a trinca de comerciais da marca de camisinhas Okamoto.

Criados pela agência Marcus Thomas, de Cleveland, os filmes sugerem coisas alternativas para os homens pensarem durante o sexo e conseguirem “durar mais”. Entram em cena uma doce vovó, o estranho vizinho e, talvez o pior de tudo, um pepino sendo descascado, cortado, ralado…

A mensagem é que as camisinhas Okamoto são tão finas que é preciso focar em algo diferente.

Do ponto de vista da comunicação, é uma ideia bem humorada, que se junta aos bons comerciais de preservativos que temos visto aqui no B9 nos últimos tempos.

Compartilhe: