Prefeitura de Salvador publica capas de jornais com mentiras que deveriam ser verdade

Prefeitura de Salvador publica capas de jornais com mentiras que deveriam ser verdade

Campanha usa o dia da mentira de forma inteligente

por Rafael Silva

Hoje veremos, inevitavelmente, muitas marcas fazendo brincadeiras de 1º de abril. Mas no lugar de apenas promover uma marca, a brincadeira do dia também pode ser usada por uma causa nobre. Um dos exemplos desse tipo de uso foi dado pela Prefeitura de Salvador, que em parceria com três grandes jornais da capital baiana, publicou capas falsas deles com as “mentiras que gostaríamos que fossem verdades”.

Além da capa que você vê acima, do jornal “A Tarde” e citando que “o racismo foi oficialmente extinto no Brasil”, a Prefeitura de Salvador também publicou outras duas em sua página do Facebook. A segunda foi do jornal “Correio” com uma com a temática LGBT dizendo que “pessoas finalmente respeitam a orientação sexual do outro” enquanto a terceira, do jornal “Tribuna da Bahia” fala sobre violência doméstica, com os dizeres “Salvador não registra casos de violência doméstica há 10 anos”. Veja abaixo.

Centro Municipal de Referência e Atendimento a LGBTAvenida Oceânica, 3.731, Rio Vermelhoobservatorioracialelgbt.salvador.ba.gov.br/denunciar

Posted by Prefeitura de Salvador on Friday, April 1, 2016

Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares71 3235-4268Praça Almirante Coelho Neto, nº 1, Barris

Posted by Prefeitura de Salvador on Friday, April 1, 2016

Cada uma das capas também acompanha um número de telefone e endereço (do site ou físico) do órgão responsável por receber denúncias de crimes envolvendo cada um dos temas citados.

Uma ação que é simples mas que conscientiza sobre três problemas ainda proeminentes não só em Salvador como em boa parte do Brasil.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link