Comercial de absorvente não foge de sangue para exaltar a coragem feminina

Libresse abre mão do líquido azul

por Juliana Wallauer

Você pode ser modernoso e sair da caixa de ninfas sensuais que ficam mais auto confiantes, felizes e esvoaçantes “naqueles dias” mas não questiona a regra de que sangue em propaganda de absorvente é azul.

Captura de Tela 2016-06-04 às 09.19.41

Afinal de contas, sangue é nojento, certo?

Captura de Tela 2016-06-04 às 09.20.38

O melhor que se pode fazer é evitar ao máximo sequer evocar a sua imagem, não é?

Captura de Tela 2016-06-04 às 09.21.54

A Libresse contestou todas as regras em uma campanha de empoderamento feminino que vale o play.

Compartilhe: