Os efeitos visuais do final explosivo da sexta temporada de “Game of Thrones”

Os efeitos visuais do final explosivo da sexta temporada de “Game of Thrones”

Rising Sun Pictures, responsável pela sequência do Grande Septo de Baelor, revela o processo de produção

por Carlos Merigo

⚠ AVISO: Contém spoilers

É verdade que depois da Batalha dos Bastardos todo mundo achava que restava bem pouco para nos impressionar no episódio seguinte. Mas o último season finale de “Game of Thrones” foi bastante sólido e ainda reservou momentos chocantes.

A explosão do Grande Septo de Baelor, em Porto Real, foi o climax do décimo episódio da sexta temporada. A Rising Sun Pictures, responsável por essa sequência, detalha no vídeo acima o processo de criação dos efeitos visuais, que envolve texturas foto realistas e desenvolvimento completo da arquitetura do local.

Que multidões são completamente geradas em computador é algo velho em Hollywood, mas achei curiosa a utilização de Oculus Rift para dar movimentos aos habitantes da cidade.

É mais uma amostra do trabalho cuidadoso que equiparou a televisão ao nível técnico de Hollywood, mesmo com verba bem menor. Cada episódio de “Game of Thrones” custa, em média, 8 milhões de dólares.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link