Clicky

Twitter decide acabar com o Vine
vine-thumb

Twitter decide acabar com o Vine

Aplicativos serão descontinuados 'nos próximos meses'

por Rafael Silva

Ao anunciar os desapontadores resultados do seu trimestre fiscal mais recente o Twitter também confirmou que cortaria 9% da sua base de funcionários. Agora, pouco depois do anúncio, sabemos de onde boa parte desse pessoal virá: do Vine.

Num post no Medium oficial da empresa publicado hoje, a equipe do Vine anunciou que planejam ‘descontinuar o aplicativo móvel nos próximo meses’. Como não há outra forma de publicar posts no Vine a não ser pelos aplicativos, isso efetivamente mata o serviço.

O comunicado diz ainda que nos próximos meses eles entrarão em contato com os criadores da plataforma para dizer como eles podem salvar seus vídeos. O site vai continuar no ar, embora não esteja claro ainda por quanto tempo.

Originalmente uma startup fundada em 2012, o Vine foi comprado pelo Twitter em outubro do mesmo ano, alguns dias antes do lançamento planejado. Desde então a plataforma serviu como forma de catapultar ao estrelato diversos anônimos que, com engraçados e rápidos sketchs, conquistaram um público enorme ao redor do mundo. No seu pico, ele chegou a atingir 200 milhões de usuários.

Compartilhe: