citihub

SXSW 2017: Citi quer incorporar o espírito das fintechs

Ou pelo menos é o que eles dizem...

por Luiz Yassuda

O formato, bem, poderia ter sido outro. Talvez com maiores explicações do que já foi feito, talvez com perguntas mais difíceis de serem respondidas com “estamos ouvindo o nosso consumidor” e “estamos trazendo talentos e trabalhando com paixão”. Mas no papo entre Peter Schwartz (Salesforce) e Yolande Piazza (Citibank), foi comentado a nova aposta deste tradicional banco americano: incorporar o espírito das fintechs e apostar em desenvolvimento de produtos fáceis de usar e voltados à facilidade do consumidor.

Para isso, a aposta é o Citi Developer Hub.

Após muito tempo de conversa amena, Yolande Piazza comentou sobre o Citi Developer Hub

Do que se trata? O banco está abrindo APIs (aos poucos, diz que ainda está em “closed beta”, mas que o acesso será total) das principais funções transacionais. Em outras palavras: um desenvolvedor externo poderá criar um produto para clientes do banco sem que isto passe por reuniões, integração com um sistema fechado e autorizações. Em outras palavras: rapidez na modernização de serviços – uma tarefa que pode ser muito lenta quando falamos de bancos.

A verdade? Bancos talvez estejam sentindo – aqui nos EUA mais, mas muito mais do que no Brasil – a migração das pessoas para serviços mais simplificados e, de alguma maneira, com maior privacidade. Daí a necessidade de ter uma carinha mais Simple Bank, mais PayPal, mais Personal Capital.

A única coisa que talvez um banco não consiga emular tão facilmente é esta paixão dos desenvolvedores. É claro que pessoas farão diversos produtos interessantes usando a API do Citi. Mas pensando em muito dinheiro no bolso, uma vez que não dá para falar em transformação do mundo quando você ajuda gratuitamente bancos na sua missão de fazer cada vez mais deles o dinheiro das pessoas. Imagine só o diálogo entre dois apaixonados desenvolvedores começando com “ei, e se a gente fizesse com que bancos ganhassem ainda mais dinheiro só para ver qual é que é?”.

Se você é desenvolvedor, quer acessar a plataforma e também pedir o quinhão que lhe cabe, clique aqui. A gente honestamente deseja que você fique bilionário e depois ajude nos patreons da Família B9 de Podcasts :)

Esse conteúdo é oferecimento da Apex-Brasil, que divulgará durante o SXSW 2017 a campanha Be Brasil, uma narrativa envolvente que promove um Brasil confiável, inovador, criativo e estratégico no mundo dos negócios. Saiba mais em www.bebrasil.com.br/pt

Compartilhe: