Ano ruim? “Morte” e “Donald Trump” estão no topo das buscas na Wikipédia em 2017

Entre os termos de tecnologia, “Bitcoin” aparece como destaque

por Soraia Alves

Mesmo “um pouco atrasada”, a Wikipédia divulgou sua lista com as principais buscas dentro da plataforma em 2017. O ranking mostra as 50 pesquisas mais feitas pelos usuários no ano passado e, vendo as primeiras posições, não parece que 2017 foi um ano muito bom.

O primeiro lugar ficou com o termo “Mortes em 2017”, com 37.387.010 pesquisas. O auge das buscas foi no dia 20 de novembro, após a morte de Charles Manson.

A segunda pesquisa mais feita na Wikipédia no ano passado foi “Donald Trump”, com 29.644.764 pesquisas e pico e 20 de janeiro, dia em que ele assumiu a presidência dos Estados Unidos.

Com exceção desses dois, as outras buscas do 2017 na plataforma foram bem “ok”, com a “Rainha Elizabeth” em terceiro lugar e uma interessante ligação: o pico de buscas pela rainha foi em 10 de dezembro, mesmo dia em que a Netflix liberou a segunda temporada da série “The Crown”.

Por falar em família real, o nome “Meghan Merkle” também aparece na lista, assim como “Gal Gadot” e “Ed Sheeran”. 

Entre os termos ligados à tecnologia, “Bitcoin” foi o mais procurado  (15.026.561 de buscas). Facebook e YouTube também apareceram na lista.

Compartilhe: