O que ver no SXSW 2018?

Um guia rápido para você acompanhar os grandes temas do festival

por Juliana Vilhena Nascimento / Chief Business Officer da F.biz

Nesta semana dei uma boa acelerada nas minhas escolhas pro festival, que começa na semana que vem – e já achei algumas coisas que valem muito a espera na fila. Já dá, também, pra gente ver quais tracks vão ter mais peso no evento deste ano. Abaixo, dou a minha perspectiva sobre ambos pra vocês:

A humanização das tecnologias

Se nos eventos anteriores vimos muito sobre a apresentação e a definição das novidades no campo do AI, VR e AR, este é o ano de entender pra que a gente usa e como elas se tornam, de fato, uma extensão humana (o que envolve, obviamente, discussões éticas). Neste bloco, vale ver coisas como “The Emotional Life of your Autonomous Car”, que deve falar falar como as nossas interações com objetos inteligentes serão cada vez mais emocionais. Ou “You, Me and a Robot Makes 3”– que fala sobre os traços que os robôs vão precisar ter pra serem acolhidos nas casas das pessoas (pensa naquele filme “Homem Bicentenário”).

Criptomoedas

Elas podem ser “a nova Suíça” (o lugar desregulamentado no país do dinheiro) ou algo diferente. Vamos ver como Bitcoin, Ethereum e outras coisas estão aparecendo e se disseminando. Joseph Lubin, um dos co-fundadores do Ethereum, vai ser entrevistado por uma jornalista da Forbes na sexta, por exemplo – mas quase todo dia tem alguém falando do tema.

Grandes temas humanos

Esther Perel fala de amor e desejo na sexta e Christiane Amanpour, ancora da CNN, no sábado. Ta-Nehisi Coates vai fazer um keynote que fala de raça, racismo e justiça. Imortalidade, que foi inaugurada por Martine Rothblatt no SXSW em 2015, continua a ser um assunto, com palestras como “Death and Legacy in the Digital Age”.

Moonshots – ou grandes fontes de inovação

Basicamente, a exploração espacial com o Sol e Marte sendo os destinos-estrela (pra achar estas basta procurar a NASA nos speakers), grandes movimentos da tecnologia, como o Quantum Computing, tema do Keynote do Whurley.

Ainda deve aparecer mais coisa legal nos próximos dias, então vale dar uma olhada no aplicativo SXSW Go a cada dois dias pra ver as novidades. E aqui no B9, pra ver coisas bacanas como o parque que a HBO está construindo pra promover “Westworld”.

E de novo, faço o ponto importante de olhar as ativações na rua, as feirinhas no Convention Center, e passear na 6a – melhor estudo antropológico que há!

Compartilhe: