MARVEL’S AVENGERS: INFINITY WARJosh Brolin as Thanos

Descubra se você sobreviveu a AQUELE evento de “Vingadores: Guerra Infinita”

Afinal, Thanos te pouparia ou te mataria?

por Pedro Strazza

⚠ AVISO: Contém spoilers

Se você é um dos milhões de pessoas ao redor do mundo que já viu “Vingadores: Guerra Infinita”, você provavelmente já está sabendo da verdadeira tragédia grega que acontece ao final do filme que é o grande clímax das produções do Marvel Studios. Sim, Thanos (Josh Brolin) venceu; sim, ele conseguiu reunir as seis Joias do Infinito; sim, ele estalou os dedos com a luva e evaporou metade da população do universo “para salvá-lo de sua extinção”.

O ato genocida do Titã Louco aniquilou zilhões e tirou do mapa alguns dos heróis mais queridos do universo cinematográfico do estúdio em questões de segundos como se fossem meras poeiras cósmicas, mas além de todas as questões relacionadas ao futuro da história e daqueles personagens o público provavelmente saiu do cinema com uma pergunta muito simples na cabeça: se eu fosse parte daquele mundo, eu teria sobrevivido ao estalar de dedos?

A resposta para esta pergunta nunca vai ser confirmada de fato (só se alguém descobrir que as Joias do Infinito existem pra valer pra um evento do tipo acontecer), mas alguns fãs resolveram colocar no papel – ou melhor, na internet – a ideia de execução arbitrária e justa proposta pelo grande vilão. Intitulado Did Thanos Kill Me, o site é muito simples e resolve a questão em menos de um segundo para aqueles que agonizam com a questão: ao entrar na página, ela já responde com “You were slain by Thanos, for the good of the Universe.” (“Você foi morto por Thanos, pelo bem do Universo”, em português) ou “You were spared by Thanos.” (“Você foi poupado por Thanos.”) em letras garrafais pretas em um fundo branco.

Você pode acessar o site aqui ou digitando no buscador www.didthanoskill.me. “Vingadores: Guerra Infinita” segue em cartaz acumulando seus milhões nas bilheterias ao redor do globo – aproveite para ouvir o episódio do Cinemático sobre o longa.

Compartilhe: