Clicky

Whatsapp pega emprestado ideias do Slack para melhorar suas mensagens de grupo
https_2F2Fblueprint-api-production.s3.amazonaws.com2Fuplods2Fcard2Fimage2F7736862F4c2c67b5-4424-4d22-82ab-8d3d761659c0

Whatsapp pega emprestado ideias do Slack para melhorar suas mensagens de grupo

Aplicativo vai disponibilizar funções que localizam quando o usuário foi citado na conversa e aumentam o controle pelos administradores, ferramentas já aplicadas há algum tempo pela plataforma de trabalho em grupo

por Pedro Strazza

Quem está ou já esteve em um grupo de Whatsapp provavelmente encarou a inevitável inundação de mensagens que ora ou outra acontecem em agremiações do tipo. É uma lógica simples: quanto mais pessoas em um grupo, maior a probabilidade do número de interações multiplicar com a entrada de um assunto “quente” ou urgente. Para quem vai ficar em dia mais tarde, esta situação beira ao insuportável: uma hora longe do celular e pronto, quinhentas mensagens te esperam para serem lidas, incluindo aí todo tipo de ramificação na discussão e conversa paralela sobre outros temas.

Para tentar resolver este problema, o Whatsapp anunciou agora uma nova ferramenta para facilitar a administração das mensagens enviadas a grupos por parte de quem os usa. Intitulada “group catch up” e localizada na parte inferior direita da tela (identificado por um botão “@”, como a imagem acima bem mostra), a função permite que o usuário manuseie as bilhões de mensagens pela identificação dos momentos em que ele é citado na conversa. A partir daí, a princípio fica mais tranquilo alcançar e ler os trechos do papo que são mais importantes ao leitor, introduzindo ele mais rapidamente ao diálogo que acontece.

Outra função que foi divulgada pela empresa nesta questão são as maiores especificações das configurações dos grupos para os administradores. Agora, quem é responsável pela criação ou moderação da agremiação pode introduzir controles mais incisivos como permissão a quem pode ou não alterar o ícone ou o nome do grupo.

As propostas de atualização são ótimas e devem ajudar bastante a melhorar as dinâmicas dos grupos, mas é curioso como todas essas ideias já são executadas pelo Slack desde sempre. Ferramentas de busca e de notificação de atividade estão incorporadas ao programa de comunicação interna para trabalho há algum tempo, centralizadas em funções como o “show activity” ou o “all threads” para manter o ritmo de cooperação constante nos grupos que sedia.

Além destas mudanças “emprestadas” do Slack, o Whatsapp também vai aumentar os limites de tempo para inclusão de um integrante após ele ter abandonado ou sido excluído do grupo, no intuito de reduzir as possibilidades de spam ou assédio na plataforma. Este pacote de atualização deve ser disponibilizado pela empresa nos próximos dias para os sistemas iOS e Android.

Compartilhe: