Apple vai enviar automaticamente localização de iPhone em chamadas de emergência

Atualização do iOS 12 integra tecnologia da empresa com 911 nos Estados Unidos

por Ana Roza

Entre as prioridades existentes no Vale do Silício, conectar tecnologia com novas formas de segurança e qualidade  de vida para a comunidade parece estar dentro da lista de exigências das empresas. Para a Apple, pelo menos, é uma das atualizações anunciadas essa semana (18) para seu iOS 12. Integrando uma tecnologia criada em 2015 ao novo sistema do iPhone, chamadas de emergência realizadas pelo 911 irão enviar automaticamente a localização do usuário.

A alteração no iOS 12 se baseia no sistema HELO (Hybridized Emergency Location), lançado pela Apple em 2015. Essa mesma atualização será integrada em alguns centros 911 americanos, atualizando o próprio software existente com a ajuda de uma empresa americana, RapidSOS.

SEGURANÇA E USO DE DADOS

Segundo a Apple, 80% das chamadas de emergência são feitas através de celulares, mas os sistemas das autoridades estão muito ultrapassados para conseguir verificar a localização desses aparelhos com precisão. Mudanças para aumentar esse desempenho já estavam nos plano das autoridades. Com a ajuda da Apple, a esperança é que essa realidade chegue mais cedo. Se a atualização ocorrer como planejado, o tempo de resposta em situações de risco diminuirá consideravelmente.

O iOS 12 foi anunciado no início do mês (06), com uma série de promessas sobre seu desempenho e melhora de aplicativos nativos. Incluir esse tipo de update sobre segurança é uma vantagem bastante evidente para os usuários americanos – e, quem sabe, para outros países em um futuro próximo. Mesmo assim, a preocupação com o uso de dados do usuário não foi ignorada. Segundo a Apple, todos as informações coletadas serão utilizadas especificamente para casos de emergência.

Compartilhe: