636025966987673998

Logo da Copa América do Brasil é parecido demais com o da última Eurocopa

Design do logo do torneio da Conmebol é praticamente o mesmo do feito pela a UEFA para a edição francesa de seu evento

por Pedro Strazza

A Copa do Mundo de 2018 pode ter acabado, mas em alguns meses o caminho para a próxima edição do torneio realizado pela FIFA já recomeça com as eliminatórias e a Copa América, que garante uma vaga para o próximo campeão sul-americano na inevitável Copa das Confederações. A próxima edição do torneio sul-americano é em junho de 2019 e vai ter como sede o Brasil, que volta a ser anfitrião depois de longos 30 anos.

Para dar o pontapé inicial, a Conmebol lançou na tarde de ontem em suas redes sociais – pouco depois do término da decisão entre França e Croácia em Moscou – o primeiro comercial do evento, apresentando as doze seleções participantes, a data e local da Copa e o logo desta nova edição. Confira o vídeo na íntegra abaixo.

https://twitter.com/CONMEBOL/status/1018575628377972736

Embora o objetivo da organização tenha sido o de despertar alguma antecipação pelo torneio, no fim o que acabou viralizando foi o logo desta nova edição, e por motivos um tanto esquisitos. Depois de publicado o vídeo, vários usuários começaram a comparar a marca da Copa América do ano que vem com o feito pela UEFA para a última Eurocopa, realizada em 2016 na França. O paralelo é mais do que justo: as duas logomarcas são bizarramente muito semelhantes entre si, tendo a mesma concepção “taça no meio de uma bolinha que tem diversas outras coisas acontecendo” – julgue com seus próprios olhos o comparativo abaixo.

Independente da veracidade da “coincidência”, a Copa América já tem outras informações confirmadas pela organização. Além das dez nações integrantes da Conmebol, Japão e (a futura sede da Copa do Mundo) Catar participarão como convidados do evento, que contará com cinco estádios espalhados pelo Brasil. Até aqui, foram confirmados como integrantes da Copa América 2019 os estádios da Fonte Nova na Bahia, o Mineirão de Minas Gerais e o Maracanã no Rio de Janeiro, com estádios não definidos de Porto Alegre e São Paulo ocupando as últimas duas sedes. Há muita expectativa pela participação do Brasil nesta edição, já que a seleção brasileira venceu todas as Copas América que disputou em casa.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link