Facebook inclui ameaças financeiras como conteúdo a ser removido da plataforma

Essa é a primeira vez que o Facebook usa essa linguagem em relação a ameaças financeiras feitas aos usuários da rede social

por Soraia Alves

O Facebook divulgou algumas mudanças em sua política de conteúdos proibidos e banidos da plataforma. Segundo a empresa, qualquer postagem que coloque financeiramente alguém em risco, ou que tente enganar um usuário para obter lucro, é estritamente proibido.

O anúncio vem para deixar as regras da plataforma mais transparentes depois da exclusão de quatro páginas associadas a Alex Jones, da Infowars.

“Não permitimos, por exemplo, conteúdo que possa colocar pessoas em risco física ou financeiramente, que intimide as pessoas por meio de linguagem odiosa ou que tente lucrar enganando as pessoas que usam o Facebook”, publicou o vice-presidente de políticas da empresa, Richard Allen.

Essa é a primeira vez que o Facebook usa essa linguagem em relação a ameaças financeiras, o que é uma questão importante, pois embora não sejam ameaças físicas aos usuários, elas podem causar danos reais às vítimas. Além disso, o posicionamento contrário a posts que podem lucrar de forma indevida abre um grande espaço para a plataforma atuar contra spam, golpistas e empresas que fazem falsas promessas de dinheiro fácil.

Compartilhe: