Netflix consome 15% do tráfego global de internet, afirma relatório

Já as redes sociais, por incrível que pareça, representam apenas 5,1% de todo o tráfego na web

por Soraia Alves

O “The Global Internet Phenomena Report”, publicado pela empresa de gerenciamento de banda larga Sandvine, mostra que a Netflix consome 15% do tráfego global de internet, o que a torna a maior fonte de dados do planeta.

Atrás da Netflix aparecem diversos sites que embedam vídeos, com 13,1% de todo o tráfego da internet, enquanto o YouTube ocupa 11,4%, e a navegação geral na web ocupa 7,8%.

No total, o fluxo de vídeo é responsável por mais da metade do tráfego em todo o mundo, com 58% do total de banda larga.

Entre outros dados interessantes presentes no relatório, vemos que BitTorrent é responsável por 22% do total de upstreams na web. As redes sociais correspondem a apenas 5,1%(!) de todo o tráfego na web, e o “League of Legends” corresponde a 26% de todo o tráfego de streaming de jogos na web.

Você pode conferir o relatório global da Sandvine completo aqui.

Compartilhe: