Hackers violam sistema HealthCare e comprometem dados de 75 mil pessoas nos Estados Unidos

O sistema que foi invadido é usado por agentes de seguros e corretores para registrar diretamente os clientes e usa informações pessoais extensas, incluindo números do seguro social

por Soraia Alves

Um sistema de computador do governo dos Estados Unidos que interage com o HealthCare.gov foi hackeado no início de outubro, comprometendo os dados pessoais de aproximadamente 75 mil pessoas.

Segundo os centros de serviços Medicare e Medicaid, o sistema hackeado foi desativado e seus técnicos estão trabalhando para restaurá-lo antes do início da temporada de inscrições para a cobertura de saúde sob o Affordable Care Act, que começa em 1º de novembro.

Cerca de 10 milhões de pessoas atualmente têm cobertura privada sob a lei de saúde do ex-presidente Barack Obama. Quem solicita a cobertura subsidiada precisa fornecer informações pessoais extensas, incluindo números de seguro social, renda, cidadania ou status legal de imigração.

O sistema que foi invadido é usado por agentes de seguros e corretores para registrar diretamente os clientes. Todos os outros sistemas de inscrição estão funcionando.

O porta-voz do CMS, Johnathan Monroe, disse que “nada aconteceu” no site da HealthCare.gov usado pelo público em geral, e que o problema “diz respeito ao portal de agentes e corretores, que não é acessível ao público em geral”.

Mesmo assim, as autoridades federais foram alertadas e os clientes afetados serão notificados e oferecerão proteção de crédito.

Compartilhe: