#402. A Lacuna

#401. Como o streaming mudou o mercado de música

#399. NFTs: como o blockchain colocou os memes à venda

#398. Covid: por que é tão difícil comunicar o óbvio?

#397. Os 25 Anos de Pokémon

#395. Logos mais simples

#394. Roupinha de joguinho

#393. BBB está sendo justo com a gente?

#392. Tem que acabar 2021

#391. O futuro da energia

#387. Craques do Protesto

#383. Como o jornalismo deve atuar diante do autoritarismo?

#382. Agora colocam política em tudo

#381. Por que estamos obcecados por super-heróis?

#379. Como funciona o licenciamento

#378. Quem lacra lucra

#377. Os programas de TV que formaram nosso caráter

#376. Jornalismo Pinga-Sangue

#375. Homem de verdade

#374. Esportes na pandemia

#373. O dilema do paywall

#372. Os segredos do media training

#371. A GAFA está sendo justa com a China?

#370. O mercado da fofoca

#369. A arte de dizer não

#368. 5G o que tenho a ver?

#367. Por que a cultura pop é obcecada pela batalha do bem e mal?

#367. 5G o que tenho a ver?

#366. Quando a arte envelhece mal

#364. Volta ao trabalho pós-pandemia

#363. Xbox X e PS5: a nova geração dos games

#362. TikTok: 15 segundos de fama

#361. Cozinha na Quarentena

#360. Criminalizar fake news: solução ou ameaça?

#359. Privacidade vs Pandemia

#358. Felipe Neto estamos sendo justos com ele?

#357. Faxina boa na quarentena

#356. Os 15 Anos de The Office

#355. Influenzers: o papel das celebridades em tempos de pandemia

#352. O Papel das Marcas na Crise da Covid-19

#351. Como manter o equilíbrio mental na quarentena

#347. A ilusão da rotina matinal produtiva

#346. Tem Que Acabar 2020

#345. Como a tecnologia afeta a nossa saúde mental?

#340. A era da educação self-service

#339. O mercado das fake news

#338. Vestir a Camisa: quando a empresa compra a sua alma

#337. Lei Geral de Proteção de Dados

#336. Não dar palco pra maluco faz o maluco desaparecer?

#335. Estudar por toda a vida é a nova realidade?

#334. A internet vai ser saudável sem likes?

#333. A Comida do Futuro

#332. Faroeste Reboco

#330. Mercado pet

#329. Como audiências influentes transformam marcas

#328. Como a tecnologia revolucionou as compras

#327. Geração Z

#307. Economia dos Bicos

#306. Quando os ídolos caem

#305. A nova economia envelheceu

#304. Tem Que Acabar

#303. Quem Quer Ser um Unicórnio?

#302 1999: O Ano que Nunca Acabou

#300. Airfryer

#299. O Aluno do Futuro

#297. Como o Spotify Abriu Nossos Horizontes Musicais

#296. Falcatruas, Caôzadas e Pequenos Golpinhos

#295. O Futuro das Habilidades

#293. 2018, o ano do Podcast no Brasil

#292. Hayao Miyazaki

#291. Profissão Professor

filtrado por: #329. Como audiências influentes transformam marcas / remover filtro

Resident-Evil-2-748870-Detail

Resident Evil 2 (Remake)

Games

Usando a RE Engine da Capcom, Resident Evil 2 oferece uma nova visão sobre a clássica saga de horror de sobrevivência com visuais realísticos de tirar o fôlego, áudio imersivo de causar arrepios, uma nova câmera sobre os ombros e controles modernizados, além dos modos de jogo do título original. À venda na Amazon.

tratado_sobre_a_toleranca_9788525418012_hd

Tratado Sobre a Tolerância

Livro

Com uma ironia ferina e seu estilo inimitável, o filósofo iluminista Voltaire faz um apelo em prol do respeito aos credos e da liberdade religiosa. Escrito em 1763, Tratado sobre a tolerância revela-se hoje, dois séculos e meio depois, uma reflexão atualíssima sobre o sistema judiciário, sobre a responsabilidade dos juízes e sobre os efeitos …

600x600bf

Família Patuá

Música

O maior hit do Patuá Espetos. Tem no Spotify.

R2_Unwell_CoverArt_3000x3000

Unwell

Podcast

Um podcast de ficção sobre conspirações, fantasmas e famílias de sangue e escolha estranhas. Ouça no site oficial: https://www.unwellpodcast.com/

memorias-postumas-de-bras-cubas-1565203449585_v2_1360x1920

Memórias Póstumas de Brás Cubas (editora Antofágica)

Livro

Publicado em 1881, escrito com a pena da galhofa e a tinta da melancolia, Memórias Póstumas de Brás Cubas é, possivelmente, o mais importante romance brasileiro de todos os tempos. Inovador, irônico, rebelde, toca no que há de mais profundo no ser humano. Mas vale avisar: há na alma desse livro, por mais risonho que …

Resident-Evil-2-748870-Detail

Braincast: #329. Como audiências influentes transformam marcas

Resident Evil 2 (Remake)

por: Carlos Merigo

Usando a RE Engine da Capcom, Resident Evil 2 oferece uma nova visão sobre a clássica saga de horror de sobrevivência com visuais realísticos de tirar o fôlego, áudio imersivo de causar arrepios, uma nova câmera sobre os ombros e controles modernizados, além dos modos de jogo do título original. À venda na Amazon.

tratado_sobre_a_toleranca_9788525418012_hd

Braincast: #329. Como audiências influentes transformam marcas

Tratado Sobre a Tolerância

por: Luiz Hygino

Com uma ironia ferina e seu estilo inimitável, o filósofo iluminista Voltaire faz um apelo em prol do respeito aos credos e da liberdade religiosa. Escrito em 1763, Tratado sobre a tolerância revela-se hoje, dois séculos e meio depois, uma reflexão atualíssima sobre o sistema judiciário, sobre a responsabilidade dos juízes e sobre os efeitos perversos que as leis podem ter. À venda na Amazon.

600x600bf

Braincast: #329. Como audiências influentes transformam marcas

Família Patuá

por: Beatriz Fiorotto

O maior hit do Patuá Espetos. Tem no Spotify.

R2_Unwell_CoverArt_3000x3000

Braincast: #329. Como audiências influentes transformam marcas

Unwell

por: Beatriz Fiorotto

Um podcast de ficção sobre conspirações, fantasmas e famílias de sangue e escolha estranhas. Ouça no site oficial: https://www.unwellpodcast.com/

memorias-postumas-de-bras-cubas-1565203449585_v2_1360x1920

Braincast: #329. Como audiências influentes transformam marcas

Memórias Póstumas de Brás Cubas (editora Antofágica)

por: Beatriz Fiorotto

Publicado em 1881, escrito com a pena da galhofa e a tinta da melancolia, Memórias Póstumas de Brás Cubas é, possivelmente, o mais importante romance brasileiro de todos os tempos. Inovador, irônico, rebelde, toca no que há de mais profundo no ser humano. Mas vale avisar: há na alma desse livro, por mais risonho que pareça, um sentimento amargo e áspero. A edição da Antofágica conta com 88 ilustrações de um dos expoentes da arte no Brasil, Candido Portinari, que chegam pela primeira vez ao grande público e dão uma nova camada de interpretação ao clássico. À venda na Amazon.