Clicky

Pouco Pixel 11 – O milagre da emulação

Jogos mortos voltam à vida diante dos nossos olhos

6.jul.2015

A emulação veio para salvar – para salvar os jogos antigos da poeira dos porões e dos garfinhos das TVs de tubo, mas também para salvar nossas jogadas em pontos difíceis e até para melhorar gráficos e som! Adriano Brandão e Danilo Silvestre fazem uma emocionada homenagem ao verdadeiro milagre que é usar software para reviver hardware que não existe mais. Quando emuladores são melhores que os consoles originais? Jogar game pra PC na TV da sala pode? Ficar dando load state/save state na fase do jet ski do “Battletoads” é trapaça? Os Beatles são mesmo tão bons? APERTA LOGO O PLAY!

Download | iTunes | Feed

00:00:47 – O milagre da emulação
01:07:24 – Debate de bolso
01:33:53 – Cartinhas

Os famosos links no post

Posts relacionados: “Ninja Gaiden“, “Super Mario Bros.“, “The Legend of Zelda“, “International Superstar Soccer“, “Sonic the Hedgehog” (uia, não falamos de “Shenmue” ou “Battletoads“!)
A obra-prima que destruiu o Atari (e que até hoje é difícil de emular): “Yars’ Revenge
treco que ficava entre o Atari e as gloriosas TV de tubo da época
Os principais projetos de emuladores e de mídia center para o Xbox (o original, “The First”)
Testando a resistência de consoles de várias gerações
O raro “Panzer Dragoon”, para Saturn, no eBay: 550 dólares
A bizarra batalha judicial entre Nintendo of America e Blockbuster
> ROM hacks famosos: o “Castlevania II” com novos textos e “Mother 3” com tradução para inglês
O mais famoso ROM mod do Mario: “Super Mario Unlimited
Um homebrew célebre: “A Werewolf Tale“, para Game Boy Advance
Fale com um peixe, em “Seaman“, para Dreamcast
O projeto mais complexo depois do mapeamento do genoma humano: MAME, o emulador universal de arcades
Tutorial: como montar um console de emulação com um Raspberry Pi (e controles do Xbox 360)
Foi o Paul que mandou: passe segundas sem carne!

Groselhas

O processador do Nintendinho é um clone do MOS 6502, concorrente do citado Z80
Direitos autorais de software, no Brasil, são garantidos até 50 anos após sua publicação

O som do episódio

Sonic!

Também no B9

Comente