Com inteligência artificial do Google, “Divino Maravilhoso” ganha versão com Caetano Veloso e Iza

À convite do Google, Caetano, Iza e o produtor Dudu Marote recriaram o clássico da Tropicália usando ferramentas de IA (e ficou bom!)

por Soraia Alves

A clássica canção “Divino Maravilhoso” ganhou uma nova versão gravada por Caetano Veloso, Iza e com uma ajudinha da inteligência artificial presente em algumas ferramentas do Google.

O projeto, comandado pelo Google, convidou o produtor musical Dudu Marote, Caetano e Iza para usarem ferramentas de IA da empresa a fim de recriar a música. Como ressalta o produtor, as ferramentas acabaram trazendo mais da influência de ritmos africanos e do Hip Hop para a canção.

“Divino Maravilhoso” é um clássico da Tropicália, composto por Caetano Veloso e Gilberto Gil em 1968, antes de serem mandados para o exílio durante a Ditadura Militar. Originalmente, a música é interpretada por Gal Gosta e traz influências do Rock em suas guitarras, assim como de outros gêneros da contracultura que, até então, estavam sendo ignorados no momento Bossa Nova brasileiro.

A recriação ficou bem interessante e moderna, ainda sem perder a essência tropicalista. Mais interessante ainda é observar que no nome da música, aparece “feat.A.I”. Realmente, novos tempos!

Compartilhe: