Uber compra rival do Oriente Médio por 3 bilhões de dólares

Careem opera em 98 cidades de 14 países e servirá como “substituta” em regiões onde o Uber não é a opção favorita do público

por Matheus Fiore

A Uber já é o maior aplicativo de transporte do planeta, mas está dando um grande passo para estender seu domínio. Foi anunciado que a gigante americana comprará a Careem, sua rival que opera em 98 cidades do Oriente Médio, África e e sul da Ásia. A transação será feita por U $ 3,1 bilhões, como reportou o New York Times.

Apesar da compra, a Careem continuará operando como uma marca separada, a diferença é que seu quadro de diretores será dividido entre as duas empresas. A Uber havia escolhido não expandir seus negócios para Rússia, China e Sudeste Asiático. A compra da Carem, portanto, é um passo importante na busca da Uber pelo domínio do mercado global.

Em vez de inserir uma marca sem presença em mercados distantes dos Estados Unidos, a empresa americana optou por comprar uma concorrente que já tinha alguma notoriedade no outro lado do globo.

Em um comunicado, o diretor executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, afirmou que o negócio vai permitir que Uber e Careem criem novos produtos e tentem novas ideias por meio de não uma, mas duas marcas fortalecidas. Ao longo do tempo, é esperado que ambas as empresas se unam de forma definitiva, para melhorar a eficiência, reduzir custos e lançar novos produtos, como os carros autônomos da Uber.

Compartilhe: