Número de usuários do Snapchat deve cair em 2019, preveem analistas

E quem vai se dar bem no processo é o Instagram, obviamente

por Pedro Strazza

De acordo com a empresa de pesquisa de mercado eMarketer, o Snapchat deve sofrer a primeira queda em seu levantamento anual do número de usuários em sua plataforma em 2019. Em um relatório divulgado ontem em seu site oficial, a firma prevê que o público total de 79,7 milhões do aplicativo irá cair em 2,8% e fechar o ano em 77,5 milhões de usuários.

A análise pessimista não para por aí. Além de declarar que a rede social não conseguirá superar o pico alcançado em 2018 pelo menos pelos próximos quatro anos, a eMarketer também acredita que entre os anos de 2019 e 2023 o Snapchat só vai conseguir seiscentos mil novos usuários nos Estados Unidos para sua plataforma, o que seria considerado uma queda brutal das taxas de crescimento do app.

(Fonte: eMarketer)

A culpa de toda este mau tempo na empresa mora principalmente no atual design do aplicativo, que desde sua inauguração no começo de 2018 só gerou mal estar entre os usuários e a rede social. O novo visual do Snapchat inclusive é aos olhos da firma a principal razão para o público ter deixado a plataforma e migrado para outras redes.

Isso inclui, claro, o Instagram, que foi o principal beneficiado em todo o movimento segundo a eMarketer. A empresa prevê que o app do Facebook deve crescer 6,2% em 2019 no número de usuários, além de até o ano de 2023 receber um total de 19 milhões de contas novas nos Estados Unidos.

Compartilhe: