Apple lança oficialmente o tema escuro no iOS 13

Anúncio feito durante a WWDC19 confirmou informações vazadas no mês passado, além de apresentar outras novidades para o iOS

por Soraia Alves

Assim como mostraram os vazamentos do mês passado, a Apple realmente adicionou a opção de tema escuro ao iOS 13. O lançamento oficial da novidade aconteceu durante a WWDC19 – Worldwide Developers Conference – conferência destinada a desenvolvedores da empresa que acontece em San Jose.

Segundo Tim Cook, CEO da Apple, entre as vantagens do recurso – que pode ou não ser ativado no iPhone – está a economia de bateria, além do mesmo ser considerado “bom para os olhos”, como disse Cook.

Depois de ativado, o Modo Escuro mudará a cor do encaixe na tela inicial, as cores de fundo das telas do iOS e os aplicativos integrados da Apple, como o Apple Music, Photos, Calendário, etc. Outros recursos do sistema também foram preparados para se encaixar à nova ferramenta.

Foto: TechCrunch

Temas escuros para aplicativos se tornaram bastante populares, graças à ascensão dos smartphones OLED nos últimos anos. O interesse é, basicamente, porque um modo escuro acende menos pixels e, consequentemente, pode ajudar a conservar a vida útil da bateria em telas OLED.

Novidades do iOS 13

Além do modo escuro, a Apple anunciou algumas outras novidades trazidas no iOS 13. Uma dessas novidades implica diretamente no “desuso” de diversos apps de edição simples de vídeo. Isso porque agora o iOS finalmente permitirá que os usuários girem seus vídeos diretamente no aplicativo Photos.

Em exemplo mostrado pelo chefe de software da Apple, Craig Federighi, o vídeo mudava de posição enquanto o chefe analisava outros novos recursos para a câmera do iOS e o aplicativo Photos. Há, ainda, novos efeitos de retrato e filtros também, e que podem ser aplicados aos vídeos pela primeira vez.

O recurso é simples, mas até então não era possível ser feito em dispositivos da Apple. O aplicativo iMovie, da empresa, tem a capacidade de girar vídeos, mas requer uma instalação separada, assim como apps de terceiros.

O iOS 13 também traz uma performance melhorada, especialmente visando não prejudicar dispositivos mais antigos – coisa que sempre aconteceu quando a Apple atualizava seu sistema operacional. A empresa promete que o Face ID será desbloqueado 30% mais rápido e que os aplicativos serão lançados duas vezes mais rápido no iOS 13.

Há ainda atualizações as funções lembretes, no Apple Maps, que trará dados mais abrangentes e um novo modo que é, basicamente o Google Street View. E, claro, a empresa também falou sobre a privacidade de seu dispositivo, explicando que agora os usuários podem escolher fornecer seus dados de localização a um aplicativo “apenas uma vez”, impedindo que ele seja capaz de atualizar essa função diversas vezes.

A Apple ainda não anunciou quando o iOS 13 chega ao mercado.

Compartilhe: