“Cinebiografia” de Shia LaBeouf, “Honey Boy” ganha primeiro trailer

Ator vive versão de seu pai e é autor do roteiro do filme que reconta parte de sua trajetória em Hollywood

por Pedro Strazza

Shia LaBeouf andou meio sumido dos holofotes nos últimos dois anos, o que chega a ser impressionante considerando o potencial viralizante que ele já provou ser. O curioso é que isso não vale apenas para a internet, mas para a própria carreira do ator, que depois do lançamento de “Borg vs McEnroe” em 2017 resolveu fazer um leve sabático.

Este ano LaBeouf está de volta, porém, e seu primeiro projeto é talvez o filme no qual o artista se envolveu de forma mais pessoal. Isso porque “Honey Boy” serve de início como uma semi-cinebiografia do próprio ator, que aqui não apenas é responsável pelo roteiro como também atua no elenco como seu pai, um dos grandes responsáveis por colocá-lo na carreira que o consagrou… mesmo que pelas formas mais problemáticas possíveis. Distribuído pela Amazon, o longa acaba de ganhar seu primeiro trailer, que você confere acima.

Além de LaBeouf, o filme dirigido por Alma Har’el conta com um elenco consideravelmente sólido para suas pretensões indie, incluindo Lucas Hedges e Noah Jupe no papel titular da versão lírica do ator e Natasha Lyonne e Maika Monroe em personagens coadjuvantes. A produção pelo visto não busca recontar a trajetória do ator evento a evento – ainda que a referência a “Transformers” esteja bem explícita nos primeiros segundos do trailer – mas toma sua vida como inspiração para contar a história de uma difícil relação entre pai e filho que sofrem para remendar seus laços após anos do primeiro tentar emplacar o último em Hollywood.

Tendo sido lançado no último Festival de Sundance sob diversos elogios, o filme foi comprado pela Amazon Studios por um valor alto de 5 milhões de dólares e parece ter se tornado em uma das principais apostas do estúdio para a temporada do Oscar 2020. A companhia, afinal, pretende lançar “Honey Boy” nos cinemas estadunidenses no próximo dia 8 de novembro, ponto em que a temporada de premiações começa a pegar a fogo no circuito de exibição do país.

No Brasil, porém, o filme segue sem previsão de estreia oficial.

Compartilhe: