YouTube vai permitir que histórico de pesquisa e de visualizações sejam deletados pelo usuário

Novidade vem junto a pacote de atualizações do Google

por Matheus Fiore

O YouTube está atualizando sua plataforma para dar mais controle à comunidade sobre as ferramentas e recursos da rede social. A novidade, como aponta a Variety, é fruto de uma atualização nas diretrizes de segurança e privacidade do Google.

Qualquer usuário do YouTube já pode deletar seus históricos manualmente, mas agora, você poderá programar para que o histórico seja deletado automaticamente dentro de um período de três a dezoito meses. Algo semelhante também foi implementado no próprio Google, que permitiu que os usuários deletassem histórico de localização e atividade na rede e nos aplicativos.

Há também um novo recurso, a possibilidade de “pausar” o registro de histórico, o que impede o YouTube de armazenar quaisquer buscas que você faça. O YouTube, porém, avisa que, caso a pausa seja feita, é possível prejudicar a experiência personalizada que os serviços do Google oferecem pela interação entre eles.

“Assim como as tecnologias evoluem, as pessoas e suas expectativas em relação à segurança e privacidade também mudam”, afirmou Eric Miraglia, diretor de gerência de produto do Google Privacy and Data Protection Office. “Nós estamos ansiosos para construir proteções que visem exceder as expectativas, e continuaremos a compartilhar as atualizações sobre esse trabalho”.

Desde que, ao longo da atual década, a preocupação com privacidade e segurança se tornou central em debates sobre a internet, empresas como o Google têm se esforçado para criar um ambiente no qual os usuários sintam-se não só mais protegidos, mas também no controle do que estão fazendo e de como seus dados têm sido tratados.

Compartilhe: