Disney lança thread gigante no Twitter para divulgar filmes e séries que estarão disponíveis no Disney+

De "Branca de Neve" a "The Mandalorian", corrente reúne produções lançadas ao longo de 80 anos em uma sequência de mais de 500 tweets

por Pedro Strazza

Depois de meses de expectativa e todo tipo de informação disseminada à base de conta-gotas, o Disney+ enfim será lançado em pouco menos de um mês nos Estados Unidos e alguns outros territórios. E estando há poucos dias de abrir os trabalhos, talvez fosse hora mesmo de divulgar o que exatamente o serviço terá de conteúdo para oferecer ao seu público, certo?

Bom, a verdade é que a Disney levou esta tarefa de transparência a sério em um nível que talvez ninguém esperasse. Aproveitando que hoje a plataforma entra em pré-venda nos Estados Unidos e fazendo uso de uma estratégia parecida com a qual divulgou a sua conta na plataforma, a companhia foi no Twitter e iniciou uma thread colossal com absolutamente todos os títulos que estarão disponíveis no país à partir do próximo dia 12. Sem brincadeira, até o momento da publicação desta nota já eram mais de 500 tweets com filmes, séries e animações incluídas na “primeira onda” do serviço, tudo organizado por ordem de lançamento desde “Branca de Neve e os Sete Anões” até “The Mandalorian”.

Você pode começar a “passear” pelo vasto catálogo a partir do tweet abaixo.

Para além do impacto imediato e estrondoso proporcionado por uma ação deste nível (seria isso algum tipo de recorde na rede social?), a thread revela algumas informações importantes sobre o catálogo inicial do Plus. A primeira é que aparentemente a “filmoteca” do serviço nos Estados Unidos deve ser bastante parecida em tamanho e conteúdo ao que será oferecido aos primeiros países europeus a receberem o streaming, o que aumenta as esperanças de que este fenômeno se repita até a chegada do serviço a outros países (incluindo o Brasil) no próximo ano.

Outro ponto importante são as ausências. Embora a lista seja enorme e vá demorar um tempinho até se identificar com certeza o que está dentro e fora do streaming (são 80 anos de história, é bom lembrar sempre), já dá pra ver de primeira que “Música, Maestro!” é por enquanto a única animação da Disney que não estará disponível no Plus, confirmando em teoria os rumores de que a produção seguiria sendo “ostracizada” devido às passagens do musical que fazem apologia a armas. Outro filme que não estará no catálogo é “A Canção do Sul”, outra produção especulada na baia dos rejeitados devido às temáticas racistas que pregava.

[ATUALIZAÇÃO]Findada a thread na altura dos 630 tweets, a ação confirma que o Disney+ terá apenas uma parte dos filmes do Marvel Studios em seu catálogo. Com a exceção de “Vingadores: Ultimato” (que será disponibilizado em dezembro) e os dois “Homem-Aranha” (cuja franquia é propriedade da Sony), apenas sete títulos do estúdio estão inclusos no pacote: o primeiro e terceiro “Homem de Ferro”, “Vingadores: A Era de Ultron”, “Guardiões da Galáxia”, “Thor: O Mundo Sombrio”, “Homem-Formiga” e “Capitã Marvel”.

Ah, e se você tiver preguiça de entrar no Twitter e ver todos os títulos manualmente, a Disney lançou no canal da Plus no YouTube um vídeo de ridículas 3 horas com todo o conteúdo anunciado esta manhã – confira acima na íntegra

[FIM DA ATUALIZAÇÃO]

O mais divertido, porém, é mesmo passear pela thread e ver o tipo de coisa que a Disney lançou ao longo dos anos antes de dominar o mercado nos anos 10 em cima da nostalgia, desde continuações nada a ver até filmes de animais de todos os tipos, categorias e gêneros. A zuera da comunidade do Twitter, aliás, segue ótima:

https://twitter.com/scott_tobias/status/1183741773207756805
Compartilhe: