Airbnb negocia para ser patrocinadora oficial das Olimpíadas de 2020

Acordo valeria até os Jogos de 2028 em Los Angeles e pode prever ações na aba de Experiences da plataforma

por Pedro Strazza

De acordo com fontes ouvidas pelo Sports Business Daily, o Airbnb está negociando com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para se tornar patrocinadora global das Olimpíadas de verão. O negócio começaria a valer já nos jogos de Tóquio, em 2020, e pode acontecer até a edição de 2028 em Los Angeles. As negociações acontecem pelo menos desde o mês passado, quando representantes da empresa foram vistos em um evento de patrocinadores na Suíça.

A ideia do Airbnb com a parceria seria de centralizar as ações na Experiences, a aba de opções de turismo e atividades aos hóspedes de seu site que a companhia vem aumentando os investimentos nos últimos meses – incluindo aí a inclusão de programas com animais.

A tática é similar à que a empresa realizou no primeiro evento esportivo global que atuou como patrocinadora oficial, a World Surf League. No ano passado, o Airbnb aproveitou a parceria para introduzir mais de 75 atividades relacionadas a surfe no Experiences, impulsionando tanto a divulgação da seção quanto o torneio.

Do lado do COI, as negociações em teoria não ferem os acordos tecidos pela organização com os hotéis de luxo que servem de “hospedagens oficiais” dos Jogos, algo que tanto o comitê quanto o Airbnb buscam preservar. Caso se concretize, o negócio faria da plataforma a 14° patrocinadora oficial das Olimpíadas, se juntando à Alibaba e a Intel como novas companhias envolvidas.

Enquanto o Airbnb oficialmente não se pronunciou sobre o caso, é fato conhecido que o COI começa oficialmente as negociações para patrocínio dos Jogos Olímpicos na faixa dos 50 milhões de dólares anuais.

Compartilhe: