msb9

Mesmo com embargos, Microsoft e Huawei poderão utilizar tecnologia uma da outra

Estados Unidos concedem permissão para que empresas façam uso de tecnologia e serviços uma da outra

por Matheus Fiore

Em maio de 2019, o presidente americano Donald Trump decretou um embargo que impediu empresas americanas de utilizar tecnologia chinesa. O maior impacto disso foi o anúncio de que o Google, responsável por todo o sistema operacional Android, suspenderia seus serviços para a Huawei, gigante tecnológica chinesa. A Huawei, então, começou a trabalhar em seu próprio sistema operacional.

Aos poucos, porém, o embargo vai perdendo força e as empresas voltam a negociar normalmente. Como noticiou o The Verge, a Microsoft ganhou uma licença dos Estados Unidos para que possa utilizar softwares da Huawei em seus produtos.

Antes de o embargo ser imposto, a Microsoft vendia o Windows e licenças do pacote Office para a Huawei. Provavelmente, com a permissão dada, essas transações poderão voltar a acontecer. Com isso, quaisquer computadores ou smartphones produzidos pela gigante chinesa poderão ter os produtos básicos da Microsoft, como programas como Word e Excel.

Ainda é incerto, porém, se novas mudanças no embargo acontecerão em breve, e se a Huawei precisará mesmo abandonar todos os serviços oferecidos pelo Google em seus próximos smartphones. Apesar da péssima notícia, as vendas de celulares da Huawei subiram 20% no primeiro semestre de 2019.

Compartilhe: