Em tempos de pandemia, Spotify vai permitir que artistas conectem páginas de doações em seus perfis

Companhia também firmou parcerias com entidades dedicadas ao apoio da música independente e vai facilitar o acesso a algumas de suas principais ferramentas de criação

por Pedro Strazza

O Spotify anunciou nesta quarta (25) que vai permitir a artistas que linquem páginas de doações próprias em seus perfis na plataforma.

A decisão, tomada em vista da pandemia do coronavírus e no histórico da empresa como uma “plataforma para criadores”, possibilita aos músicos e representantes que criem ações de caridade em suas páginas, independente se a entidade beneficiada no processo seja sua, de um colega ou de uma organização. Além disso, a companhia garantiu que não cobrará percentual do montante acumulada nas ações.

Em seu blog oficial, o Spotify também confirmou que vai firmar parceria com diversas organizações para levantar fundos a músicos que passam por dificuldades durante a crise, com o cancelamento de shows e tours junto ao fechamento de estabelecimentos que davam palco à divulgação de seus trabalhos. Aberto a mais grupos, a iniciativa já inclui organizações como a MusiCares, a PRS Foundation e a Help Musicians e deve criar uma página especial dentro da plataforma nos próximos dias. Além de incentivar, o Spotify também vai parear as doações de até 10 milhões de dólares feitas em seu site.

A empresa ainda anunciou que vai tornar gratuito o acesso a uma série de ferramentas de criação da plataforma, incluindo o SoundBetter, o Soundtrap e o Listener Support do Anchor.

A medida acontece poucos dias depois de concorrentes como o SoundCloud, o Bandsintown e o Twitch anunciarem parcerias ou ações para ajudar a sustentar artistas independentes durante a pandemia. Sem local para tocar ou divulgar seus trabalhos, músicos vem recorrendo à transmissão por streaming para se manter ativos – além de oferecer algum apoio moral à população durante a quarentena preventiva.

Compartilhe: