Nos EUA, Alexa vai ajudar usuários a detectar sintomas do coronavírus

Companhia também disponibilizou no Brasil timer que ajuda a contar tempo correto de lavar as mãos para se prevenir da doença

por Pedro Strazza

A Amazon lançou nesta sexta (27) uma nova atualização para a Alexa que permite que a assistente atue na detecção de casos de coronavírus nos Estados Unidos. No anúncio, a companhia confirma que os aparelhos com a IA agora poderão responder perguntas como “Alexa, o que fazer se eu achar que tenho o coronavírus?” com questões básicas de diagnóstico, incluindo presença de sintomas, histórico de viagem e momentos de possível exposição ao vírus – tudo com base em informações divulgadas pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país.

Outro recurso relacionado à pandemia que a Alexa ganhou é que agora ela pode cantar por 20 segundos para ajudar o usuário a determinar o tempo correto de lavagem das mãos para prevenção. A função obviamente mira o auxílio aos pais no cuidado com as crianças e está disponível também no Brasil, Austrália, Canadá, França, Índia e Reino Unido.

As medidas aumentam a utilidade da assistente virtual em tempos de pandemia, além de acirrar a concorrência que atualmente se desenvolve no mercado durante a pandemia. Enquanto que até então a Alexa apenas fornecia informações específicas do noticiário sobre a situação da doença no mundo e no país do usuário, a Siri da Apple já havia sido atualizada para auxiliar no diagnóstico do coronavírus, e o Google também lançou esta semana um recurso para o Google Assistant para ajudar na contagem de tempo da lavagem das mãos.

Nem tudo é um mar de rosas para a Amazon nestes tempos de pandemia, porém. Apesar de suspender as lojas de vendedores que praticavam preços abusivos em sua plataforma e criar um fundo de US$ 5 milhões para os negócios afetados pela crise, a companhia virou notícia esta semana por omitir dos funcionários de seus armazéns a informação de que trabalhadores estariam operando mesmo contaminados, além de não aumentar a segurança da operação.

Compartilhe: