LEGO anuncia doação de US$ 50 milhões para ajudar famílias (e crianças) afetadas pela pandemia

Empresa também lançou nas redes sociais a campanha "Let's Build Together", que vai dar sugestões de brincadeiras educativas aos pais durante a quarentena

por Pedro Strazza

A LEGO anunciou no último domingo (29) uma série de medidas de auxílio à prevenção e contenção do coronavírus no mundo. Entre as ações tomadas, a que mais se destaca é a doação de US$ 50 milhões de dólares da empresa e seu braço de caridade, a LEGO Foundation, às diversas iniciativas dedicadas às crianças durante a crise.

No comunicado em seu site oficial, a empresa declara que o valor está sendo doado “em apoio às crianças que mais passam por apuros e para garantir que estas continuem tendo acesso ao aprendizado pela diversão, que ajuda a desenvolver habilidades de longa data”.

O montante será dividido em três partes: a Education Cannot Wait, que de acordo com a LEGO providencia educação a menores em momentos de crise e emergência; uma seleção de parceiros preexistentes da LEGO Foundation, que estariam passando por pressões extras com a doença; e entidades beneficentes que ajudam comunidades onde a companhia mantém uma presença firme.

Além dos US$ 50 milhões, a LEGO também lançou uma nova campanha global intitulada “Let’s Build Together”, que busca providenciar novas formas divertidas de promover o aprendizado na infância. Além de uma página oficial e ações nas redes sociais, a companhia afirma que reuniu os times de designers, criativos e “play experts” para contribuir com ideias de jogos e construções aos pais que buscam ajudar no ensino dos filhos nos próximos dias.

“É um momento extraordinariamente difícil, mas juntos podemos apoiar uns aos outros, ser inspirados, ficar seguros e aprender através da diversão” escrevem na carta Niels B. Christiansen e John Goodwin, os respectivos CEOs da LEGO Group e da LEGO Foundation.

Compartilhe: